DELEUZE COM PROUST: SIGNO-PENSAMENTO

Eziel Belaparte Percino

Resumo


Esse artigo tem como tema a experiência deleuziana com a literatura proustiana em Proust et les signes, livro animado, pelo menos numa de suas numerosas mobilidades, por uma formulação conceitual signo-pensamento: pensar não é um ato natural ao pensamento; pensa-se, busca-se a verdade, somente sob a pressão dos signos.


Palavras-chave


Deleuze; Proust; signo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2016n52a92

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).