A análise gramatical e a explicação de textos

José Carlos de Azeredo

Resumo


A língua que falamos é um domínio de conhecimento e de expressão que reflete, em contraponto radical, duas formas de estar no mundo: como quem repete e como quem cria. Podemos ter com a linguagem um relacionamento de sujeição às fórmulas prontas, contentando-nos com a repetição de um discurso aprendido, ou podemos aceitar o desafio de observar o funcionamento desse mesmo discurso e apropriarmos dos meios de colocar a língua a serviço de nossa criatividade e de nossas descobertas. Defende-se neste ensaio a segunda alternativa, como meio de oferecer aos estudantes uma real perspectiva de alargamento dos horizontes intelectuais e culturais.


Palavras-chave


Língua e conhecimento; ensino da língua; explicação de textos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2013n46a445

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).