INTERFACE MORFOLOGIA-FONOLOGIA: TEORIAS, ABORDAGENS E TEMAS

Carlos Alexandre Gonçalves

Resumo


Neste artigo, descrevemos os modelos teóricos para o tratamento da interface morfologia-fonologia na linguística contemporânea até o advento da teoria da otimalidade, no início da década de 1990. Ao focalizar a diferença entre as propostas uni e bilaterais de interação desses dois níveis, apresentamos alguns fenômenos do português que podem ser abordados nessa interface.


Palavras-chave


morfologia; fonologia; interface.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2013n47a328

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).