A discursividade no/do corpo de miss(es) - muçulmana e mundo

Adriana Stela Bassini Edral, Ana Paula Andrade Assumpção, Luciane Botelho Martins

Resumo


Partindo do princípio de que o funcionamento discur­sivo no/do corpo revela a presença de valores sociais e ideológicos congruentes à cultura de um povo, propo­mos, a partir de discursos veiculados na mídia online sobre os concursos de beleza Miss Mundo e Miss Mu­çulmana, compreender de que forma o poder é simbo­lizado no corpo e que estratégias são usadas pela mídia ocidental e oriental, considerando os estudos de gênero. 


Palavras-chave


Corpo; discurso; cultura.

Texto completo:

PDF

Referências


ABU-LUGHOD, Lila. As mulheres muçulmanas precisam realmente de salvação? Reflexões antropológicas sobre o relativismo cultural e seus Outros. Estudos Feministas, [S.l.], v. 20, n. 2, p. 451, ago. 2012. ISSN 0104-026X. Disponível em: . Acesso em 22 jan. 2015.

ADORNO, T.W.; HORKHEIMER, M. A dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1995.

ALTHUSSER, Louis. Aparelhos Ideológicos de Estado. Rio de Janeiro, RJ: Graal Editora, 1985.

BAUDRILLARD, J. A sociedade de consumo. Lisboa: Arte & Comunicação. 2011.

BENJAMIN, W. Obras escolhidas: magia e técnica, arte e política. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

BUCCI, E.; KEHL, M.R. Videologias: ensaios sobre televisão. São Paulo: Boitempo, 2004.

CANCLINI, N.G. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. Trad. Ana Regina e Heloísa Pezza Cintrão. São Paulo: USP, 1997.

DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. E-book digitalizado por Coletivo Periferia e eBooks Brasil, 2003.

ERNST, Aracy. A falta, o excesso e o estranhamento. Seminário de Estudos em Análise do Discurso. UFRGS, 2009. Disponível em: Acesso em 25 de janeiro de 2015.

FERREIRA, F. C. B. Diálogos sobre o uso do véu (hijab): empoderamento, identidade e religiosidade. Perspectivas, São Paulo, v. 43, p. 183-198, 2013. Disponível em: http://seer.fclar.unesp.br/perspectivas/article/viewFile/6617/4864. Acesso em 23 jan. 2015.

LACAN, J. Escritos. Trad. Vera Ribeiro, Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora, 1998, P 96 – 103.

MURANO, R.M. & BOFF, Leonardo. Feminino e masculino: uma consciência para o encontro das diferenças. Rio de Janeiro; Sextante, 2002.

ORLANDI, Eni Puccinelli. As formas do silêncio. No movimento dos sentidos.6ª ed. Campinas: Unicamp, 2007.

_______________________. A linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. 4. ed. Campinas, SP: Pontes, 1996.

_____________________. Discurso em Análise: sujeito, sentido e ideologia. 2ª ed. Campinas: Pontes, 2012.

_____________________. Análise do discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 2013.

PÊCHEUX, Michel; FUCHS, Catherine (1975). A propósito da Análise Automática do Discurso: atualização e perspectivas. Tradução de Péricles Cunha. In: GADET, Françoise; HAK, Tony. (Org.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 3. ed. Campinas: Unicamp, 1997. p. 163-252.

RÜDIGER, F. Comunicação e teoria crítica da sociedade: Adorno e a Escola de Frankfurt. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999.

ŽIŽEK, Slavoj. Como ler Lacan. Trad. Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2016n53a235

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).