TRADUÇÃO E DIFERENÇA: O MAIS ALÉM DA LINGUAGEM EM ‘VASTO MAR DE SARGAÇOS’ DE JEAN RHYS

Viviane de Freitas

Resumo


Tendo como ponto de partida o choque cultural entre os mundos do casal protagonista de Vasto mar de sargaços, este trabalho faz uma leitura do romance de Rhys em diálogo com teóricos da tradução e da literatura, buscando evidenciar que a tarefa de traduzir vai muito além de uma atividade meramente linguística, envolvendo um processo cultural e discursivo, um confronto com a alteridade e o compromisso com a diferença.


Palavras-chave


alteridade; apropriação cultural; tradução

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2014n48a129

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).